iOS 14 Facebook Ads: Como se preparar para as atualizações?

Se você anuncia no Facebook, em algum momento já deve ter recebido ou lido alguma informação sobre as mudanças do iOS 14 no Facebook Ads. A nova postura da Apple em relação ao rastreamento de usuários dentro de aplicativos para dispositivos que rodam o iOS está dando o que falar.

Quem usa o Facebook Ads para promover seu negócio, precisa saber que várias mudanças precisam ser feitas em sua conta de anúncio e, as mais importantes, vou falar neste texto.

O que é a atualização iOS 14?

Em junho de 2020 a Apple anunciou que lançaria updates na versão 14 do sistema operacional iOS. Com a chegada da atualização, uma das principais mudanças era a obrigatoriedade de obter uma permissão do usuário para coletar seus dados de navegação no aplicativo.

Saiba mais: Atividade fora do Facebook: como controlar sua privacidade

O consentimento do usuário deve ser obtido através de um pop-up. Se você usa um iPhone ou iPad, já deve ter recebido uma notificação, perguntando se você permite ou não que aquele aplicativo rastreie seus dados.

iOS 14 Facebook Ads - Pop-up

Fonte: Business Insider

 

Este novo modelo de privacidade da Apple se chama ATT (App Tracking Transparency), em tradução livre, Transparência de Rastreamento em Aplicativos.

Como desenvolvedor de um aplicativo, você precisará que seu usuário dê a permissão para que este rastreamento aconteça. Logo, apps como Facebook, Instagram e WhatsApp, por exemplo, podem ser impedidos de rastrear seus usuários que usam o iOS 14.

Isso significa, menos dados e menos precisão para criar anúncios, avaliar métricas, fazer remarketing e outros impactos relativos ao uso de cada um desses apps. Segundo Craig Federighi, Engenheiro de Software da Apple, “O App Tracking Transparency dá aos usuários a escolha sobre se eles querem ser rastreados em aplicativos e sites”. 

No ponto de vista dos usuários, é uma boa opção. Já pelo ponto de vista de quem precisa de dados para segmentar anúncios, mensurar métricas ou avaliar o desempenho de campanhas, não muito.

O que mudou com a atualização do iOS 14?

O ATT afeta um recurso chamado IDFA (Identifier For Advertisers), que é um identificador que o iOS utiliza. Na prática, cada usuário de um iPhone ou iPad possui um número de rastreamento único.

Este número é utilizado para rastrear suas atividades entre os aplicativos que você usa. Por exemplo, você quer comprar uma camiseta em um app de compras. O aplicativo tem acesso ao seu IDFA, que é seu número exclusivo de rastreamento.

Saiba mais: Aulão completo: Pixel do Facebook

Depois de visitar o app e não finalizar a compra, você entra no Instagram e, de repente, um anúncio oferecendo um desconto na finalização da compra é exibido para você. Isso acontece porque o aplicativo de compras e o Instagram compartilham esse dado de identificação.

Com a atualização do iOS 14, este compartilhamento não será feito automaticamente. Você terá que autorizar ou não que esses dados sejam compartilhados entre os apps. Para isso, terá que clicar em “Permitir” quando o pop-up aparecer para você.

Caso contrário, os apps não irão rastrear seu comportamento e, consequentemente, você não terá anúncios personalizados em seu feed, por exemplo.

iOS 14 Facebook Ads: Como se preparar para as atualizações?

Agora que você entendeu um pouco mais sobre como o iOS 14 afeta o Facebook Ads, vamos entender o que você, anunciante, precisa fazer para se preparar para atualizações que já estão em vigor desde abril de 2021.

Confira sua Central de Recursos

Se você anuncia no Facebook ou Instagram, o primeiro passo é acessar sua conta de anúncios e conferir as sugestões da Central de Recursos. Nela, você verá se há alguma tarefa que precisa ser feita. Caso algo precise ser corrigido, um sinal amarelo será mostrado, junto da ação a ser tomada.

iOS 14 Facebook Ads - Central de Recursos

Verifique seu domínio

Se você gera tráfego para fora do Facebook ou Instagram, será necessário verificar seu domínio. Isso pode ser feito de 3 formas:

  • Verificação via DNS
  • Arquivo HTML
  • Verificação via Meta-tag

Para realizar a verificação, você precisa ter acesso ao painel de controle do seu site. Caso não tenha ou não saiba como fazer, converse com a pessoa ou empresa que criou seu site.

Como verificar seu domínio no Gerenciador de Negócios

Passo 1. Acesse seu Gerenciador de Negócios e vá até a opção “Segurança da Marca > Domínios”

Passo 2. Caso seu domínio não esteja listado, clique em “Adicionar”

Passo 3. Escolha uma das três opções de verificação, de acordo com seu conhecimento ao acessar as configurações do seu site.

Verificar Dominio Facebook Ads - Meta-tag

Lembrando que, caso você não gere tráfego com anúncios para fora do Facebook ou Instagram, esta verificação não é necessária. Se precisar de mais informações, não deixe de conferir a Central de Ajuda do Facebook

Priorize 8 eventos de conversão por domínio

Esta é uma das principais mudanças negativas para quem anuncia. Você agora pode rastrear até 8 eventos de conversão por domínio. Na prática, isso significa que seu Pixel pode rastrear 8 tipos de eventos diferentes. Se você quer rastrear uma visita, colocar no carrinho, gerar um lead, comprar, por exemplo, já usou 4 eventos.

Aqui, você pode usar os eventos padrão do Facebook (Purchase, Lead, Add to Cart…) ou eventos personalizados. No entanto, seja qual for, eles contarão como um dos 8 eventos disponíveis. Para escolher e organizar seus eventos, você precisa ter um pixel instalado em seu site, bem como eventos de conversão configurados e seu domínio verificado.

Para organizar seus eventos de conversão, siga os passos as seguir:

Passo 1. Acesse seu Gerenciador de Anúncios e vá até a opção “Gerenciador de Eventos”

Passo 2. Clique em “Mensuração de Eventos Agregados” e, em seguida, “Configurar eventos da web”

iOS 14 Facebook Ads: Como se preparar para as atualizações?

Passo 3. Escolha o domínio que deseja configurar os eventos.

Passo 4. Defina a prioridade dos eventos, de acordo com sua importância. A Apple irá reportar de acordo com a prioridade, do primeiro para o último.

iOS 14 Facebook Ads: Como se preparar para as atualizações?

Adapte para a nova janela de atribuição

Esta é uma mudança que trará mais impacto na visualização e relatórios de dados. Isso porque, a janela de atribuição mudou de 28 para 7 dias. Isso significa que ao invés de o Facebook reportar uma conversão até 28 dias depois de um usuário clicar ou ver um anúncio, agora esse intervalo será de 7 dias caso ele clique e apenas 1 dia caso ele veja o anúncio.

Na prática, quem tem funis de venda mais longos, pode ver uma queda grande no número de resultados, pois o volume de dados que ficarão armazenados será muito menor.

iOS 14 Facebook Ads: E agora?

Sem o consentimento dos usuários, não é possível coletar dados que podem ajudar os anunciantes a segmentar melhor seus anúncios. Isso é um fato e, aparentemente este comportamento da Apple, pode se tornar um padrão no futuro.

Mesmo que você não tenha um público grande que utiliza iOS, as limitações de número de eventos, verificação de domínio e janela de atribuição menor acabam impactando todos os negócios. Uma das formas de minimizar isso é trabalhar com a construção de uma base de usuários que dependa menos de anúncios ou recorrer a recursos mais avançados como API de conversões, por exemplo.

No entanto, por mais que soluções surjam para minimizar a falta de dados, o ponto é que a mudança estrutural que a Apple lançou, dar a opção de o usuário escolher ou não se quer compartilhar seus dados, é o que realmente precisamos ficar atento.

Pelo lado do consumidor, ter essa opção é muito bom. Já pelo lado do empreendedor, isso pode impactar nos resultados e nas métricas. Um dos pontos mais positivos do Marketing Digital.