Cineminha de segunda – por Carla Nórcia

Uma vez avisei meu chefe, em plena segunda, que iria ao cinema, ele respondeu:
– Já fez tudo que tinha que fazer ?
Eu respondi:
– Não, mas vou mesmo assim, porque se ficar esperando acabar o que tenho que fazer, não vou ao cinema esse ano.
Ele riu e disse :
– Vai assistir o que?
Virei as costas, peguei a bolsa e saí andando.
No caminho liguei para uma amiga e fiz o convite
– Estou indo no cinema, vou assistir um filme de aventura, vamos?
Ela fez um silêncio absurdo do lado de lá da linha. Perguntei de novo:
– Vamos ?
– Vou avisar minha sócia.
Uns quarenta minutos depois nos encontramos e ela parecia uma prisioneira em fuga.

Assistimos um filme besteirol, comemos pipoca, rimos muito, depois tomamos sorvete e voltamos para casa com a sensação de que tínhamos feito algo meio criminoso mas, que tinha sido ótimo.
No dia seguinte estava tudo igual na minha mesa, meu chefe me cumprimentou, como sempre fazia e tudo seguiu sem nenhuma surpresa. A diferença: eu estava bem mais feliz, mais jovem alguns anos e com ainda mais vontade de fazer o que era minha responsabilidade.

Sabe qual o problema ? Tem coisa que aprendemos tarde !
Então, antes hoje do que quando meu corpo e mente não derem conta de me levar !