IQA dá dicas de retorno seguro e eficaz às atividades

  • Mapear áreas de risco e planejar o fluxo dos colaboradores é o primeiro passo
  • Uso de máscaras, distanciamento e higienização das mãos são fundamentais
  • Certificação AutoRetorno IQA auxilia organizações a atingir excelência no retorno seguro e eficaz das atividades

O agravamento da pandemia da Covid-19 no Brasil resultou na interrupção temporária de diversas montadoras de automóveis nos últimos dias. Algumas já retomaram as atividades, outras ainda não. Atento a isso, o IQA – Instituto da Qualidade Automotiva, alerta para a necessidade da adoção de protocolos de saúde, segurança e eficácia das operações para evitar o contágio e, ao mesmo tempo, garantir a qualidade na produção.

Sergio Kina, gerente de Operações do IQA, comenta que o primeiro passo é mapear as áreas de risco de contágio e seguir as orientações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS) com o uso de máscaras e o correto distanciamento entre pessoas. “É recomendável também utilizar barreiras físicas como divisórias de vidro ou acrílico, principalmente nos locais onde não é possível manter um distanciamento superior a 2 metros”, afirma Kina.

Entre as áreas de maior risco de contágio, Kina destaca o transporte de ida e volta ao trabalho, os vestiários, a recepção e o refeitório. “Organizações que oferecem transporte devem ficar atentas para a quantidade de pessoas em cada veículo, evitar lotação para permitir assim o correto distanciamento social, sem esquecer de oferecer álcool 70° e obrigar o uso de máscaras”, afirma Kina.

Nos refeitórios e vestiários, Kina explica que o correto é elaborar um plano de revezamento para não causar aglomerações e, nos refeitórios, aplicar álcool 70° na entrada e na saída. “Recomendamos ainda a utilização de barreiras físicas entre os dois lados da mesa, uma vez que ao comer, não é possível o uso da máscara”, diz o gerente do IQA.

Já na recepção, local de maior acesso público, além de controlar a quantidade de pessoas para evitar aglomerações, é preciso fazer a correta medição de temperatura, aplicar álcool 70° nas mãos, e fazer uso de tapetes sanitizantes, além da obrigatoriedade do uso de máscaras. “É recomendável ainda que os recepcionistas sejam isolados do público por meio de barreiras físicas”, comenta Kina.

Eficácia das Operações 
Nos setores produtivos, juntamente com os protocolos de saúde e segurança é importante observar a eficácia das operações produtivas. “Como é preciso manter o distanciamento social, as organizações devem planejar a melhor forma de realizar o escalonamento dos colaboradores nos postos de trabalho”, afirma Kina.

Deve-se seguir adequadamente todos os planos de retomada da produção, incluindo a verificação dos planos de contingência, revalidação dos planos de controle e liberação da produção, disponibilidade do maquinário, equipamentos de controle e embalagens, validade dos insumos e materiais, matriz de competência de pessoal, entre outros.

Para auxiliar as organizações a planejar o retorno às atividades com saúde, segurança e eficácia das operações, o IQA disponibiliza a Certificação AutoRetorno, desenvolvida em conjunto com a área de Consultoria em Saúde do Sírio-Libanês, que elabora projetos em saúde para organizações públicas e privadas, cumprindo o propósito fundamental da instituição que é Conviver e Compartilhar.

A Certificação AutoRetorno IQA pode ser aplicada em qualquer organização do setor automotivo, de montadoras às concessionárias, fabricantes de autopeças, distribuidores e comércio varejista de autopeças, oficinas de reparo automotivo, empresas de transporte de cargas e passageiros, entre outras atividades econômicas.

“Apesar de a certificação ter sido elaborada para atender a demanda da Covid-19, ela pode ser aplicada a qualquer outra necessidade do setor automotivo de retorno às atividades, seja por conta de uma paralisação temporária da produção quanto a mudança de planta, sempre observando a eficácia das operações com total qualidade e segurança”, afirma Kina.

Treinamento 
Além da certificação AutoRetorno IQA, o instituto desenvolveu o treinamento online Eficácia das Operações Produtivas Após Interrupções, que fornece a gestores uma metodologia simples e prática aplicada nas operações com foco nas paradas e retomadas planejadas da produção, com objetivo de aumentar a eficácia, segurança e atendimento aos requisitos do cliente.

“O planejamento adequado das interrupções e retomadas evita riscos que podem levar as organizações a grandes perdas financeiras, perda de imagem e até mesmo impacto nas regulamentações e compliance por conta de uma quebra de qualidade”, afirma Kina.

Assim, esse treinamento conceitual e prático ajuda empresas na preparação e retomada dessas interrupções de forma segura e eficaz, e foca também os principais requisitos das normas de sistema de gestão com a finalidade de ajudar o participante a entender a importância e o contexto do assunto dentro da empresa.
 

O IQA – Instituto da Qualidade Automotiva é uma organização sem fins lucrativos de desenvolvimento e disseminação da Qualidade no Setor da Mobilidade, com objetivo de proporcionar mais segurança ao consumidor, a partir de produtos, sistemas e pessoas com qualidade assegurada através de certificações compulsórias ou voluntárias.

 

Criado em 1995 por entidades do setor e do governo, o IQA oferece soluções que fomentam a Qualidade além da certificação, como treinamentos presenciais e online, conteúdo técnico em publicações/estudos técnicos, inspeções e ensaios de laboratório, com uma cultura de inovação e proximidade às necessidades das organizações e sociedade.

 

É representante de órgãos internacionais e acreditado pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação) do Inmetro como organismo de certificação. Acesse o site www.iqa.org.br.