Primeiro ônibus elétrico articulado? Existe e é made in Brazil

Veículo, fabricado pela BYD e Marcopolo, será produzido em série após homologação

Depois das bikes e carros elétricos, estão chegando os ônibus articulados movidos a eletricidade. O primeiro do tipo teve seu encarroçamento finalizado pela BYD e Marcopolo, com chassi D11B, de piso baixo. Este veículo está em fase de reconhecimento oficial. A BYD foi a responsável também por elaborar outro veículo, com chassi BYD D11A, de piso alto. Ambos cumprem o papel de alternativas sustentáveis para o segmento. As empresas informam que os ônibus vão possuir diversas tecnologias, como sistemas de biossegurança. O funcionamento é feito por meio de quatro motores ligados aos eixos, com potência de até 201 CV cada – potência nominal de 148cv em cada motor. Além disso, o chassi tem regulagem de altura e de coluna de direção, ajoelhamento bilateral, tacógrafo digital, suspensão pneumática integral, sistema antichamas e rodas de alumínio. O tempo aproximado para a sua recarga é de 3 horas (de nenhuma carga até a carga total). O chassi BYD D11B tem algumas particularidades, segundo o fabricante: 22 metros de comprimento, funcionamento a partir de baterias de fosfato ferro lítio (LifePO4) e autonomia de até 250 quilômetros (bateria completa). O veículo suporta 168 passageiros, contendo espaços destinados aos cadeirantes, mas essa capacidade pode variar conforme a função da carroceria. Esses modelos de ônibus já foram divulgados para a equipe da BYD na fábrica da Marcopolo, localizada em Caxias do Sul (RS). A produção em série dos automóveis começará após o fim do processo de homologação. As primeiras 12 unidades foram compradas pela Prefeitura de São José dos Campos (SP), que tem a proposta do primeiro corredor expresso, com ônibus 100% elétrico. A Marcopolo diz que frota de ônibus elétricos e híbridos vai chegar a 770 até 2022 com carrocerias da marca – sendo 370 veículos elétricos e híbridos já em circulação e mais 400 previstos para serem inseridos em sistemas latino americanos. Argentina, Austrália e Índia já possuem ônibus elétricos ou híbridos com carroceria Marcopolo. No Brasil, são 75 veículos. Fonte: Movenews